Não sei se este é o lugar certo para estar, mas sinto que é da natureza da palavra querer ser compartilhada... por isso, venho aqui descantar versos, romper partituras e promover silêncios em claves de fá...

terça-feira, 21 de junho de 2011

Vagabunda

Sou uma princesa vagabunda
o único sapato que cabe no meu pé
é o grão de areia da minha terra
lugar
onde a chuva não chove
só chora na terra.

3 comentários:

  1. Que lindo, me identifiquei com ela! =)
    Beijos poéticos

    ResponderExcluir
  2. Claro Fábio...
    sinta-se à vontade...
    a poesia é sua,é nossa!!!

    ResponderExcluir